sexta-feira, 26 de julho de 2013

A linhagem de Leonardo da Vinci segundo a TV


Por que na ficção, tudo é possível.

Em Abril desse ano estreou pela canal da TV a cabo americana Starz série Da Vinci's Demons, uma ficção histórica sobre Leonardo da Vinci. A série usa quase o mesmo pretexto de O Código da Vinci de desvendar segredos da humanidade e expor as mentiras da religião, mas ao invés do Professor Robert Langdon o protagonista aqui é o próprio Da Vinci. Um jovem atormentado por carregar uma inteligência quase sobre-humana.

Com uma temporada de apenas oito episódios e já renovada para uma segunda temporada no ano que vem, Da Vinci's Demons também mostra os conflitos da sociedade renascentista de Florença e sua situação política. Bem como boa parte das séries da TV a cabo, há cenas que retratam com realismo a tão famosa libertinagem de Florença quanto matanças que envolvem uma grande quantidade de sangue. Logo, não é uma série para menores de 18 e nem que se assista com a família.

Num quadro geral é uma série muito boa. Com mistérios a serem desvendados, diálogos consistentes, belos cenários e figurinos, constantes momentos que prendem a atenção e um elenco dotado de ótimas atuações. Confesso que inicialmente torci o nariz com a escalação de um ator extremamente britânico como Tom Riley para viver Leonardo Da Vinci, mas sua interpretação compensa o sotaque.

Mas hoje não vim falar de Da Vinci's Demons como ela é, só quis dar uma base pra quem não acompanha a série. E o que eu vim fazer hoje então? Bom, quem me conhece sabe que tenho uma mente imaginativa e um tanto doentia que fica procurando ligações em tudo. Com isso e inspirada em quadros do programa Video Show da TV Globo onde reúnem personagens de diferentes novelas que possuem algum ponto em comum, resolvi pirar e criar uma árvore genealógica de Da Vinci segundo o mundo da séries. Baseada em acontecimentos de Da Vinci's Demon's e relacionando com os mais diferentes personagens. Vamos ver no que dá?


Sherlock Holmes (Benedict Cumberbatch em Sherlock/Jonny Lee Miller em Elementary)
Assim como o detetive criado por Sir Arthur Conan Doyle, Leonardo tem uma forma um tanto peculiar de raciocinar. E a reconstituição que Leonardo fez no 1x02 (The Serpent) da fuga do prisioneiro judeu que viu ser enforcado dias antes mostra da onde Sherlock herdou seus talentos para investigação. Além de muitos momentos onde uma dose extra de astúcia foi necessária. Eu diria até que essa descendência é elementar. Como atualmente temos dois Sherlocks na TV, temos dois descentes em uma única procura.


Capitão Gancho (Colin O'Donoghue em Once Upon a Time)
Visual de estrela do Rock? Confere. Habilidades de espadachim? Confere. Arrogância e senso de superioridade? Confere e confere. Verdade que Capitão Gancho pertence a um mundo fantasias, mas com tantas viagens entre universos quem somos nós pra dizer o que é impossível ou não? Verdade também que o Capitão Gancho originalmente criado por J. M. Barrie tinha um perfil totalmente diferente. Mas esse aqui é quase um xerox de Leonardo. E como já foi visto em Da Vinci's Demons que futuramente Leonardo navegará os sete mares e desbravará um novo continente, as semelhanças entre esses possíveis parentes ficam mais evidentes.


Walter Bishop (John Noble em Fringe)
Um amor incondicional pela ciência e uma mente inquestionavelmente aberta ao impossível. Esses dois argumentos bem como a curiosidade aguçada por autópsias já faria desses dois parentes diretos. Há também aquela incrível capacidade de pensar em coisas totalmente distintas ao mesmo tempo, como comida durante uma autópsia. O uso de drogas para tentar acalmar uma mente que funciona em ritmo frenético. Sem falar que pelos poucos desenhos feitos por Walter que vimos em suas anotações no 1x16 (Unleashed) vemos que pelo menos um herdou esse talento. E claro que junto com Walter, Peter (Joshua Jackson) e Etta Bishop (Georgina Haig) já se tornam descendentes por tabela.


Dr. Gregory House (Hugh Laurie em House M.D.)
Não acompanhei House, então me perdoem se falar alguma besteira. Mas pelo que li e vi do personagem em promos da série pude perceber alguns pontos comuns entre os dois. Como a necessidade quase vital de fazer autópsias – sei que House não era legista, mas em um promo que vi ele perguntava se ainda era proíbido fazer autópsias em pessoas vivas - , o vício em drogas legais ou não e um típico humor sarcástico. Mas foi no 1x03 (The Prisoner) em que Leonardo descobriu o que estava deixando as freiras doentes e alucinando até a morte que foi mostrado um um indicio de onde Dr. House teria herdado sua vocação para a medicina.


Desmond Hume (Henry Ian Cusick em Lost)
Essa descendência talvez seja a explicação do porque Desmond seria especial. Sonhos que na verdade são memórias de coisas que pessoas normais não lembrariam e viagens no tempo são as contantes desses dois. Os lapsos de memória e saltos no tempo vividos por Leonardo no 1x06 (The Devil) se assemelham muito aos vivenciados por Desmond em vários momentos da trama de Lost, como no 3x08 (Flashes Before Your Eyes) e no 4x05 (The Constant). Sem contar o fato que ambos são peças primordiais em algo que envolve o destino da humanidade e que os poderosos comandam como se fosse um jogo.


Derek Wills (Jack Davenport em Smash)
Eis aqui o único descendente que além de partilhar o amor pela arte a tomou como profissão, mesmo não sendo o mesmo tipo de arte. Mas a perfeição que Leonardo procura em suas obras é a mesma que Derek exige quando dirige uma peça. Ambos também podem ser exigentes e arrogantes até conseguirem o que querem, mas são extremamente competentes e com isso altamente requisitados. Isso sem citar o fato de que Leonardo era famoso por ter um caso suas musas e seus modelos como visto no 1x01 (The Hanged Man) e 1x05 (The Tower), assim como Derek com as atrizes e bailarinas de suas peças.


Buffy Anne Summers (Sarah Michelle Gellar em Buffy The Vampire Slayer)
E aqui a única mulher da lista. Também não acompanhei Buffy, então se aplicam os mesmos termos de House. Bom, até onde sei, Buffy descobriu na adolescência que fazia parte de um linhagem de caçadores de vampiros. E como visto no 1x06 (The Devil), Leonardo enfrentou ninguém menos que o lendário Conde Drácula. Verdade que Buffy enfrentava vampiros que realmente tinham poderes malignos e não condes excêntricos, mas ainda seria uma linhagem provável.


Michael Scofield e Licoln Burrows (Wentworth Miller e Dominic Purcell em Prison Break)
Também não acompanhei Prison Break, então já sabem né? Mas pelo que sei do enredo e do que Michael fez para tirar seu irmão Lincoln da prisão, acabei me lembrando deles quando Leonardo arquitetou um plano para fugir da cela onde estava preso apenas tempo suficiente para chantagear o inquisidor responsável por sua acusação como visto no 1x05 (The Tower)


Steve McGarrett (Alex O'Loughlin em Hawaii Five-0)
Problemas de família e insubordinações a parte, o que conecta Leonardo e Steve é a incrível capacidade de resolver os problemas da forma menos ortodoxa possível. Assim como Steve teve a coragem invadir a sala de evidências no 1x15 (Kai e'e), a residência da Governadora no 1x24 (Oia'i'o) e mais recentemente um prédio comercial no 3x23 (He Welo 'oihana), Leonardo invadiu nada menos que o Vaticano no 1x07 (The Hierophant). Nenhum dos dois faz a menor cerimônia ao explodir algo. Ambos também tem amigos que estão a postos em qualquer circunstância. E assim como Steve tem Danno para criticar seus hábitos e decisões, Leonardo tem Zo. Sem duvidas essa descendência se daria por parte da mãe de Steve, Doris (Christine Lahti) e incluiria sua irmã Marry Ann (Taryn Manning) na linhagem.

E aí, gostaram da minha piração? Poderia fazer de outros personagens também, porque tenho certeza aquele Riario (Morra, Riario! Morra!) é antepassado do Arvin Sloane de Alias. Mas deixarei essa possibilidade em aberto. ;)

Agradeço ao Ítalo Santana e
à Hanna Lourenço do Dreamscape Equation
pela revisão e contribuição. :)

2 comentários:

  1. Oi Gabi,


    Realmente o post me ajudou a decidir. Verei essa série! Obrigado pela indicação.


    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  2. GabrielaCeruttiZimmermann19 de junho de 2014 17:11

    Disponha. Só espero que realmente goste, Jeferson.


    Abraço!

    ResponderExcluir