segunda-feira, 13 de abril de 2015

[Resenha] A Biblioteca do Czar

Nome: A Biblioteca do Czar
Série: Red Luna – Livro #01
Autores: Gabriel Morato, Marcos Inoue
Edição: 1/2013
Editora: Gutenberg
Páginas: 200

Sinopse: A série Red Luna apresenta ao leitor uma trilogia fantástica que conta a história de três raças de vampiros que lutam entre si enquanto se alimentam da humanidade: os sugadores de sangue Varnis, os drenadores de magia Devas e os devoradores de emoção Auras.

Com suas origens envoltas em mistério, o ódio e o medo uns dos outros só aumentaram ao longo dos séculos, atingindo os humanos no fogo cruzado.

Neste livro, conheça os Varnis, os milenares senhores secretos da humanidade. Vencedores da guerra travada contra os místicos Devas, os Varnis sobreviveram ao fim da Era da Magia alimentando-se de sangue humano, mas foram condenados a não poderem mais andar sob o sol.


Comentários:

Ao final de Janeiro publiquei aqui minha experiência com A Profecia de Samsara, o segundo livro do projeto Red Luna. Como gostei muito e uma das minhas metas para esse ano é não ficar defasada em relação às séries literárias que acompanho, tratei de conseguir logo o primeiro livro (já que comecei pelo meio). E hoje estou aqui para falar sobre A Biblioteca do Czar.

Estamos na Europa Napoleônica, e começamos a acompanhar essa história em Saint-Jean-de-Luz, uma pequena cidade costeira na fronteira entre a França e a Espanha. Lá vive Miguel, um jovem órfão que foi criado pelo seu tio Lasko e a cigana Aishe, a quem chama carinhosamente de Nana. O rapaz é muito inteligente e foi educado para ser um linguista como o tio, que também é um grande explorador. Ele só não esperava esbarrar em grandes segredos da humanidade e do mundo.

Numa noite que parecia como outra qualquer, Miguel recebe a visita de um homem chamado Fleam que se diz amigo de Lasko. Ele quer um antigo mapa, mas quando o rapaz vai até a biblioteca do tio procurá-lo encontra com uma bela garota desconhecida revirando o local. Depois de alguma confusão Miguel descobre que ela se chama Alisa, é um tipo de Princesa vampira e que precisarão ajudar um ao outro para provar a mãe dela que estão sendo vítimas de traição e salvar o tio dele enquanto procuram pela biblioteca perdida do Czar Ivan, o Terrível. Não necessariamente nessa ordem.

Nesse livro escrito por Marcos Inoue e Gabriel Morato conhecemos os Varnis, seres descendentes de Hollow Varni e inspirados nos vampiros da mitologia nórdica. Os Varnis são seres que se alimentam de sangue humano, mas isso não faz deles vilões. Ao menos não todos, já que na época em que se passa essa história apenas os traidores atacam pessoas inocentes. Isso é o que Miguel aprende em sua viagem com Alisa, além de que esses seres tem mais influência na história da humanidade do que poderia imaginar.

A Biblioteca do Czar é o que pode ser definido como uma aventura de proporções épicas. Com muita ação a cada página, a trama se desenvolve rapidamente mas sem soar superficial. Na verdade, o que precisamos saber no momento recebe a descrição necessária. E é preciso ter em mente que por se tratar de um projeto crossmídia e que, nesse caso, informações que em outra séries literárias teriam que ser inseridas nas páginas aqui virão por outras plataformas. Contudo, repito que o que precisamos saber para esse livro está em suas páginas. O universo Red Luna é rico e envolvente, e essa história é uma parte concisa dele. E ainda tem uma aparição icônica de ninguém menos que Napoleão Bonaparte.

A narrativa de Gabriel e Marcos é ágil e fluida, com diálogos expressivos e descrições na medida. Sem falar dos ótimos personagens e dos toques de humor no momentos certos. Isso somado a ótima diagramação contribui para uma leitura rápida, tanto que li o livro em duas “sentadas”. O que não posso deixar de mencionar são as ilustrações, que mais do que embelezar o livro fazem parte da história. Difícil de explicar, mas fácil de entender quando se vê. A arte da capa foi feita pela Leticia Vilela, que escreveu A Profecia de Samsara. No interior encontramos ilustrações de meia página na abertura de cada capítulo e algumas de página inteira no decorrer do livro feitas por Marcos, Leticia e Carlos Sneak. E as últimas dez páginas são constituídas por uma HQ (como não amar?) desenhada pelo Carlos.

Mais uma vez preferi focar em minha experiência a dissecar a história, já que é melhor cada um desvendá-la por conta própria. No entanto, mais do que nunca recomendo que conheçam e embarquem nesse universo Red Luna, não só por ser um projeto brasileiro mas por ser instigante e inspirador. Eu por minha vez fico aguardando o lançamento de A Maldição do Sol, das HQs e dos games.


Revisão e editação: Marina Ribeiro Kodama

10 comentários:

  1. Oi Gabriela!
    Não conhecia o livro e nem tinha me ligado que era literatura nacional, muito bacana!
    Sinto falta de ler livros assim, faz um bom tempo que não pego para ler coisas do tipo. Fiquei bem curiosa para ver imagens da edição, pelo que você disse o livro é bem caprichadinho *-*
    Livros assim também é bacana entender como que foi a escrita dos autores, já que esse livro tem dois. Deve ser muito interessante...


    Beijinhos
    Daisy - nuvemdeletras.com

    ResponderExcluir
  2. GabrielaCeruttiZimmermann13 de abril de 2015 19:30

    Fico feliz que o livro tenha te interessado, Daisy. A história é ótima e o projeto como um todo é maravilhoso. Sim, não só tem dois autores como várias pessoas por trás do livro e das outras mídias, é um trabalho bem minucioso. Em breve farei um post falando mais sobre Red Luna, então fique de olho. ;)


    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Poxa, não conhecia essa série :(
    Parece ser realmente boa e melhor ainda é saber que é nacional ^^
    Espero poder ler em breve, parabéns pela resenha e pelo blog =D

    Beijos
    http://www.culturaliteraria.com/

    ResponderExcluir
  4. Li várias vezes pra revisar e gostei. Li de novo agora e deu mais vontade ainda. ^_^

    ResponderExcluir
  5. Francielle Couto Santos16 de abril de 2015 17:34

    Gabi, a proposta do livro é bem interessante. Fico feliz em ver que os autores estão caprichando cada vez mais... inovação e novidade é tudo nos dias de hoje. :)

    Adorei o texto!!!

    Abraços,
    http://www.universoliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  6. GabrielaCeruttiZimmermann17 de abril de 2015 19:06

    Fico feliz que tenha te interessado, Bruna. Em breve faremos uma postagem sobre o universo Red Luna, então fique de olho. ;)


    Beijos

    ResponderExcluir
  7. GabrielaCeruttiZimmermann17 de abril de 2015 19:17

    Quando você vier eu te empresto. ^^

    ResponderExcluir
  8. GabrielaCeruttiZimmermann17 de abril de 2015 19:20

    Com certeza, Fran. E o projeto é todo muito bem feito, dá gosto de ver. :)


    Fico feliz que tenha gostado. ^^


    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Ei Gabi,

    Quero conhecer essa trilogia desde que li sua resenha de A Profecia de Samsara. Bom saber que os livros continuam te agradando. Da última vez que comprei livros procurei por esse, mas na Amazon estava esgotado, tinha apenas o segundo. Mas vou continuar tentando.

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  10. GabrielaCeruttiZimmermann24 de abril de 2015 19:06

    Sempre fico feliz quando você curte minhas dicas, Jeferson. A primeira vez que tentei comprar também estava em falta, mas pedi pra avisarem quando tivessem em estoque e em poucas semanas estava encomendando. Espero que tenha a mesma sorte.


    Abraços!

    ResponderExcluir