quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Empire – Primeiras Impressões


Família e música.

Sabe aquela série que você confere só por curiosidade, porque tem alguém, e a filha da mãe te surpreende e te pega de jeito? Bem, essas costumam ser minhas favoritas e dessa vez só tenho a agradecer à belíssima Taraji P. Henson, pois se não fosse por ela eu certamente nem pensaria duas vezes sobre Empire. Mas vamos falar sobre a série.

Lucious Lyon construiu um verdadeiro império da música hip-hop. Cresceu nas ruas, conseguiu fazer carreira musical e hoje é dono da maior gravadora do ramo. Mas nem tudo são flores, com a crise que o crescimento digital impõe ele precisa colocar ações à venda. Não aceita a homossexualidade do filho do meio, Jamal, e isso até impede que note todo o potencial do rapaz. O filho mais novo, Hakeem, vive de ressaca e é irresponsável com as gravações. Sua ex-esposa Cookie acabou de sair da prisão e ele descobre que tem uma doença grave.

E se isso tudo já parece bastante ruim, ele nem imagina que seu filho mais velho, Andre, tentará conseguir o controle da empresa jogando seus irmãos um contra o outro. Fazendo com que a mãe dê apoio à carreira de Jamal enquanto o pai ainda aposta em Hakeem. Mas será que o ódio dos pais pode influenciar dois irmãos que se entendem, se amam e se completam artisticamente? Quão alto fala o dinheiro?

E isso não é nem metade da história! Empire surpreendeu por trazer uma trama rica e cheia de elementos a serem explorados. A série vai trazer muitos assuntos familiares a serem discutidos, e por contar com flashbacks mostrará como esses personagens foram lidando com tais aspectos ao longo dos anos sem poupar cenas fortes. Gostei principalmente de ver como Cookie compreendeu e aceitou a orientação sexual de Jamal antes que o próprio tivesse idade para entender isso. Muito diferente de Lucious.


A música é algo muito presente no universo da série. Não chega a ser um musical, mas é uma história com muita música. Confesso não ser muito fã de RAP e hip-hop, mas as raízes da boa e velha black music americana também estarão presentes. São canções originais e algumas já bem conhecidas pelo público. E sendo Timbaland responsável pela composição e produção musical a qualidade se torna algo indiscutível. A música que Jamal fez para o pai, por exemplo, é linda e emocionante.

Os personagens são tão brilhantes quanto as atuações. Lucious tem aquele jeitão de empresário mafioso, que apesar de alguns atos rudes só quer cuidar da família. Cookie tem um porte de perua, mas o tipo de mulher que faz o necessário para sobreviver e cuja primeira preocupação são seus filhos. Jamal é um rapaz sensível e talentoso, que apesar de querer aprovação do pai não baixa a cabeça pra ele. Hakeem é do tipo jovem baladeiro que não quer muita coisa além de farra, mas com o empurrãozinho certo vai pra frente. Já Andre é o sem talento artístico e invejoso disposto a tudo por poder. Uma gama bem interessante.

Pode ser cedo pra julgar, mas se continuar trilhando esse belo caminho que iniciou, Empire pode se tornar uma grande série. É algo que não estamos acostumados a ver e que tem uma bela carga dramática a ser explorada e assuntos fundamentais a serem debatidos. Minhas fichas já estão apostadas.

Ficha Técnica

Empire

Elenco: Terrence Howard, Taraji P. Henson, Jussie Smollett, Bryshere Gray e Trai Byers.

Estreia: 07 de Janeiro de 2015.

Exibição: Quartas-feiras, pela FOX.












Trailer:

P.S.: Não esqueça de responder nossa pesquisa. ;)

4 comentários:

  1. Francielle Couto Santos20 de janeiro de 2015 09:40

    Gabi, uau, que post bacana! Gente, eu não conhecia essa série!!! :O Ai senhor, não posso nem pensar em querer baixar... sério. Hahahahahaha! Mas, que legal... além de ter um rosto conhecido, a série traz temas cotidianos bem interessantes... e ainda tem música!!! *-* Mesmo que seja rap e hip-hop, é bacana vai. :D Eu gosto. Ahhhhhh, que empolgação! Não posssoooo, Gabi... ahahahah! Amei, amei. Vou anotar pro futuro.

    Abraço,
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. GabrielaCeruttiZimmermann21 de janeiro de 2015 19:27

    Estou achando que alguém não conseguirá esperar muito pra ver... hahaha Mas eu te entendo, Fran. E independente de quando puder assistir vai valer a pena. Empire está arrasando tanto que já foi renovada. E eu até que gosto de rap e hip-hop, só que sou bem exigente. [rs]


    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabriela,

    Também as minhas estão todas apostadas. Assisti ao piloto e fui pego de jeito de modo que acredito que essa série promete. Ainda não assisti aos demais episódios, mas pretendo ver esse fim de semana. Você já os viu?

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  4. GabrielaCeruttiZimmermann30 de janeiro de 2015 17:15

    Empire é um arraso, né Jeferson? Fiquei super feliz por ser renovada já no segundo episódio. Estou esperando a legenda do 1x04, mas tirando isso estou em dia e amando cada vez mais. ^^


    Abraços!

    ResponderExcluir